Sergio Jimenez e Guga Lima irão acelerar pelo mais novo time da Stock Car, comandado por Guilherme Ferro

A Squadra G-Force, mais novo time a compor o grid da maior categoria do automobilismo brasileiro, já definiu seus pilotos para a temporada 2018. Sob o comando do engenheiro Guilherme Ferro, a equipe que fará sua estreia na Stock Car nesta temporada irá apostar na mescla da experiência de Sergio Jimenez com a juventude de Gustavo Lima, que fará em 2018 a sua terceira temporada completa na Stock Car. O entrosamento é outro ponto forte da dupla, que acelerou pela Hot Car em 2017.

“Estou bem feliz em seguir trabalhando com o Jimenez, um cara muito experiente e que me ensinou muito e me ajudou a evoluir. O Guilherme Ferro é outra pessoa que me ajudou demais, pois foi trabalhando com ele que fiz minha estreia na categoria, ainda em 2015, quando disputei algumas provas. Estou muito confiante no trabalho desta nova equipe, que está reunindo grandes nomes. E o entrosamento deste time será fundamental na busca por grandes resultados”, disse o piloto de Brasília.

“Sou um cara que gosta de desafios e acredito que com um bom planejamento as coisas acontecem. Estou muito feliz em ter sido contratado pela equipe, um time que está sendo montado com todos os princípios técnicos e de competição, que eu acredito que são essenciais para um grande resultado. Teremos muito trabalho pela frente, mas estou bastante confiante, principalmente com o retorno da parceria com o Guilherme Ferro, chefe de equipe, já que somos velhos conhecidos e juntos conquistamos alguns resultados expressivos em 2015”, afirmou Jimenez, natural de Piedade, interior de São Paulo.

A abertura do campeonato está marcada para o dia 10 de março, em Interlagos (SP), com a badalada corrida de duplas.

CONHEÇA NOSSOS PILOTOS:

Sergio Jimenez

Recordista de títulos no kart, onde começou em 1994, com apenas 10 anos, foi o 1º campeão da Fórmula Renault Brasil em 2002, no seu primeiro ano de monoposto. Na Europa, brilhou na F3 Espanhola e teve participações de destaque na GP2 Series (principal acesso à Fórmula 1) e na A1GP (Copa do Mundo do Automobilismo) defendendo o Brasil em todo o mundo. Em 2009, estreou em carros de turismo, na metade da temporada da Stock Car Light, com pole, volta mais rápida e vitória, o que lhe rendeu o Troféu Destaque do Ano. No ano de 2010, participou da Copa Chevrolet Montana, conquistando duas poles e uma vitória. Convidado pela Lamborghini, disputou as etapas do Brasil e da Argentina do FIA GT1 World Championship.

Em 2011, atuou no Itaipava GT Brasil, vencendo três das quatro corridas que disputou. Participou também, do Brasileiro de Marcas e da Stock Car. Conquistou o Troféu Cascavel de Ouro no GT Brasil, em 2012, pilotando uma Mercedes-Benz SLS GT3 AMG, ficando em 3º lugar com cinco vitórias. No ano seguinte, atuou como piloto da Voxx Racing na Stock Car e na equipe BMW Sports Trophy Team Brazil, no FIA GT Series. Na Stock Car, foi eleito piloto Revelação em seu ano de estreia, com uma pole e um pódio.

Renovou contrato em 2014, pelo segundo ano consecutivo como piloto das equipes Voxx Racing na Stock Car e com a BMW Sports Trophy Team Brazil no Blancpain Sprint Series, tendo como parceiro o piloto Cacá Bueno. Contratado em 2015 pela equipe C2 Team Stock Car e teve seu contrato renovado com a BMW Sports Trophy Team Brazil, para participar do Blancpain GT Series.

Em 2016, foi contratado para disputar o Blancpain GT Series, pela equipe oficial da Audi, o WRT Team, uma das melhores equipes da Europa. No Brasil participou da Stock Car, contratado pela equipe Cavaleiro Racing Sports. Na mesma temporada, correu pela Porche GT3 Endurance CUP, onde venceu a etapa de 500km de Interlados e terminou como Vice-Campeão da temporada.

Em 2017, continuou sua atuação na Stock Car, pela equipe Hot Car Competições e patrocinado pela Bardhal. Paralelo à carreira de piloto fomenta a base do automobilismo como Presidente do Super Kart Brasil (SKB), maior campeonato de kart do país, criado por ele e mais seis kartistas de renome internacional. Também é Presidente da Associação RACING, entidade sem fins lucrativos, criada para promover projetos de incentivo ao Kart nacional.

Guga Lima

Guga Lima é o mais novo piloto da Stock Car e fará sua terceira temporada completa na mais badalada categoria do país. O piloto iniciou sua carreira no kart aos 12 anos e, logo foi para as categorias de fórmula na Europa, fazendo sua estreia na Fórmula Renault Alps com 15 anos de idade, em Monza.

Foi companheiro de equipe de Daniil Kvyat e Esteban Ocon. Seu primeiro engenheiro foi Eero Heidmets, o mesmo do finlândes Valteri Bottas. Disputou ainda a F4 Inglesa, Toyota Racing Series, com excelentes resultados, até retornar ao Brasil para se preparar para sua estreia na Stock Car, que aconteceu em 2015, pelas mãos do  time na época chefiado por Guilherme Ferro.

Disputou o Brasileiro de Turismo, categoria de base da Stock Car e aos 19 anos, em 2016 fez sua primeira temporada completa na equipe TMG ao lado de Valdeno Brito. Em 2017, disputou pela Bardahl Hot Car tendo como seu grande companheiro, Sérgio Jimenez. E agora repetem a dupla em busca de grandes resultados para a Squadra GForce.

Leave a Reply

Your email address will not be published.